Marcelo recorda Chalana que "tanto contribuiu para prestígio internacional do futebol português"

O antigo futebolista Fernando Chalana morreu esta quarta-feira, aos 63 anos, informou o Benfica, clube no qual o avançado fez grande parte da carreira.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recordou o antigo futebolista Chalana, que morreu esta quarta-feira, aos 63 anos, sublinhando o seu contributo para o "prestígio internacional do Futebol Português".

"O Presidente da República recorda Fernando Chalana, que tanto contribuiu para o prestígio internacional do Futebol Português, apresentado os seus sinceros pêsames à família e àquelas entidades desportivas, que serviu, com dedicação e entusiasmo, durante tantos anos", lê-se numa mensagem publicada no sítio oficial na internet da Presidência da República.

O antigo futebolista Fernando Chalana morreu hoje aos 63 anos, informou nas redes sociais o Benfica, clube no qual o avançado fez grande parte da carreira.

"Fernando Chalana, o nosso Pequeno Genial, faleceu, aos 63 anos, na madrugada desta quarta-feira, 10 de agosto", lê-se numa mensagem dos 'encarnados' no Twitter.

Com início da formação no Barreirense, Chalana, 27 vezes internacional por Portugal, chegou ao Benfica em 1974/75, ainda com idade de júnior e mudou-se em 1984/85 para o Bordéus, clube no qual esteve três anos antes de regressar às 'águias', terminando a carreira com uma época no Belenenses (1990/91) e outra no Estrela da Amadora (1991/92).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG