Marcello Lippi estreia-se com empate como selecionador chinês

A China ocupa o último lugar do grupo A da zona da Ásia e Oceânia, sem vitórias ao fim de cinco jogos

O treinador italiano Marcello Lippi não conseguiu vencer na estreia como selecionador chinês, após a sua equipa ter falhado várias ocasiões frente ao Qatar, num jogo da fase de qualificação para o Mundial de 2018 de futebol.

O empate sem golos, em jogo disputado em Kunming, no sudoeste da China, deixa os chineses no último lugar do grupo A da zona da Ásia e Oceânia, somando dois pontos em cinco jogos.

Lippi, que conduziu a Itália ao título de campeã do mundo em 2006, assumiu o comando técnico da China em outubro passado, substituindo Gao Hongbo.

A seleção chinesa entrou motivada no jogo e criou várias oportunidades claras de golo, mas sem sucesso.

O país asiático já assumiu o desejo de se tornar uma potência no futebol, mas a sua participação em mundiais resume-se à edição de 2002, disputada na Coreia do Sul e Japão, que terminou com zero pontos.

Nação mais populosa do mundo, com cerca de 1.375 milhões de habitantes, a China figura em 84.º no 'ranking' da FIFA.

Apenas os dois primeiros classificados do grupo se qualificam automaticamente para o Mundial que se disputará na Rússia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG