Los Angeles Clippers ficam sem Chris Paul e Griffin

Chris Paul vai parar durante um mês, enquanto Blake Griffin já tem garantido que não volta a jogar nesta temporada

Os Los Angeles Clippers anunciaram a perda de Chris Paul e Blake Griffin, dois jogadores-chave que se lesionaram na segunda-feira em jogo dos 'play-offs' da liga norte-americana de basquetebol (NBA).

No quarto jogo da primeira ronda, frente aos Portland Trail Blazers, Chris Paul sofreu uma fratura numa mão e vai ficar parado pelo menos quatro semanas, enquanto Blake Griffin ressentiu-se de uma lesão numa coxa e não joga mais esta época.

Chris Paul foi submetido a uma operação e, segundo a equipa californiana, "está lesionado por tempo indeterminado e o seu estado será reavaliado daqui a quatro/seis semanas", o que pode significar fim de época para o base.

Blake Griffin viu agravar-se a lesão que o manteve fora em metade dos jogos da fase regular (41) e no seu caso o fim prematuro da temporada é um dado adquirido.

Privada dos seus dois mais importantes jogadores, a partir do terceiro período, os Clippers perderam por 98-84 e permitiram a Portland igualar a eliminatória 2-2. O quinto jogo da série, disputada à melhor de sete, realiza-se na quarta-feira.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.