China põe travão às transferências milionárias

Cada clube chinês só poderá ter três futebolistas estrangeiros em campo

A liga chinesa de futebol decidiu reduzir de quatro para três o número de jogadores estrangeiros permitidos em campo por clube, anunciou hoje a estação televisiva Lesports, que detém os direitos de transmissão do campeonato.

Segundo os regulamentos, cada clube pode inscrever cinco jogadores estrangeiros e, a partir de agora, só pode usar três em campo.

Esta redução foi aprovada depois de várias críticas da imprensa ao excesso de 'estrelas' estrangeiras, contratadas por valores milionários.

Com os novos regulamentos, cada clube também será obrigado a inscrever, pelo menos, dois jogadores sub-23 e um deles terá de integrar o 'onze' inicial.

Por outro lado, foi eliminada a obrigação de que um dos jogadores estrangeiros fosse oriundo de outro país asiático.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG