Surfista brasileira poderá ter batido recorde mundial na Nazaré

Maya Gabeira surfou esta quinta-feira onda gigante de 24 metros, provável maior de sempre alguma vez surfada. Poderá ser a primeira surfista feminina a entrar para o livro dos recordes do Guinness

A brasileira Maya Gabeira poderá tornar-se a primeira surfista feminina a entrar para o livro dos recordes do Guinness, depois de na quinta-feira ter surfado a maior da sua vida na Praia do Norte, na Nazaré: 24 metros.

No mesmo lugar onde sofreu um grave acidente em 2013, a atleta carioca contou a ajuda do surfista franco-brasileiro Eric Ribeiro para completar a perigosa onda e espera agora pela medição da World Surf League para homologar a marca. "Foi uma sensação incrível, porque a onda que surfei em novembro não consegui completar. Fiz vários ajustes, troquei de prancha e criei esse desafio de completar a onda gigante. Foi super emocionante, até porque havia várias pessoas que eu admiro na água. A comemoração foi grande", afirmou, em declarações reproduzidas pelo Globoesporte.

Até lá, o recorde de maior onda surfada continuará a pertencer ao norte-americano Garrett McNamora, que também na Nazaré surfou uma onda de 23,8 metros, em 2011.

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...