FIFA rejeita recurso do Leicester por Adrien

Médio internacional português contratado ao Sporting só vai poder ser voltar a jogar a partir de 1 de janeiro, avança a Sky Sports, citando um porta-voz da FIFA

O internacional português Adrien Silva, contratado pelo Leicester ao Sporting na madrugada de 31 de agosto para 1 de setembro, vai mesmo ficar sem jogar até 1 de janeiro, encerrando assim a novela em torno da inscrição pelo clube inglês.

Segundo avança a Sky Sports, citando um porta-voz da FIFA, o organismo que tutela o futebol mundial rejeitou o recurso apresentado pelos foxes para que a inscrição fosse validada: "Podemos confirmar a decisão do Comité do Estatuto dos Jogadores: a petição apresentada pela Federação Inglesa para a emissão do Certificado Internacional do jogador Adrien Silva e subsequente inscrição do jogador no clube Leicester City foi rejeitada."

Recorde-se que o registo do jogador acabou por acontecer 14 segundos depois da hora permitida, e que desde então o médio luso tem estado a treinar em Leicester, mas apenas no ginásio e não integrado no plantel.

O emblema britânico ainda poderá recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), uma instância que por norma está de acordo com as decisões tomadas pela FIFA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG