Exclusivo Fernando Pimenta: "Sem um ouro sou um ser incompleto"

Canoísta do Benfica mostra-se preocupado com a falta de apoios para o desporto em Portugal e a valorização dos atletas, que leva muitos talentos a desistir. Fala das seis medalhas conquistadas nos Mundiais e Europeus em 15 dias e da ambição de chegar ao ouro em Paris 2024, numa entrevista nada egocêntrica.

É o atleta mais medalhado do País. Tem 121 medalhas internacionais e ambiciona ser o português mais medalhado em Jogos Olímpicos. Tem uma prata e um bronze, mas quer o ouro em Paris 2024. Tudo começou com 11 anos numas férias de verão, quando descobriu a canoagem.

Ganhou a primeira medalha internacional em 2005. A Portuguesa ainda é a música mais bonita de se ouvir ao fim de 17 anos?
Sem dúvida. Ainda agora no Europeu virei-me para os portugueses que lá estavam e disse: "Vocês vão estar a aqui de sorriso de orelha a orelha e eu vou estar lá de pernas a tremer como se fosse a primeira vez". E foi. Nas modalidades coletivas ouve-se A Portuguesa no início dos jogos, mas na canoagem só ouvimos o hino se ganharmos e isso dá-lhe mais emoção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG