Diretor-geral multado em 2678 euros

Acontecimentos em Setúbal e entrevista ao JN motivaram castigo do Conselho de Disciplina da FPF

O diretor-geral do FC Porto, Luís Gonçalves, terá de pagar 2.678 euros de multa devido aos acontecimentos no final da visita ao Vitória de Setúbal, na nona jornada (0-0), a 29 de outubro de 2016, bem como por uma entrevista concedida ao Jornal de Notícias a 01 de novembro do ano passado.

"Em nove jogos, o FC Porto foi prejudicado em oito penáltis", afirmou então o dirigente ao 'JN'.

No mapa de castigos, destaque ainda para a confirmação da suspensão de Felipe por um jogo, depois do central brasileiro dos 'azuis e brancos' ter visto o nono cartão amarelo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG