FC Porto paga 200 mil euros se revelar emails do Benfica

Uma das determinações do acórdão do Tribunal da Relação do Porto passa por uma sanção pecuniária se os cinco réus no processo, todos do universo FC Porto, infringirem

O FC Porto vai ter de pagar 200 mil euros por cada vez que revelar emails do Benfica, isto depois de o Tribunal da Relação do Porto ter proibido essa mesma divulgação, segundo o JN.

A medida estende-se aos cinco réus no processo: FC Porto, SAD; FC Porto Media; Avenida dos Aliados (empresa que detém o Porto Canal); diretor de comunicação Francisco J. Marques, que, desde junho último, tem revelado e-mails do Benfica no programa Universo Porto da Bancada do Porto Canal.

Refira-se que a sanção de 200 mil euros de eventual multa não vai ao encontro das pretensões do Benfica, que tinha pedido que fosse aplicada uma "sanção pecuniária compulsória" de um milhão de euros.

Na primeira instância o Benfica tinha visto o juiz recusar a proibição por não considerar a existência de concorrência desleal no futebol, pois não é possível desviar adeptos de um clube para outro. Mas nesta quarta-feira, e após recurso, o coletivo de juízes do Tribunal da Relação do Porto considerou que pode haver concorrência desleal por via de correspondência eletrónica privada

Exclusivos