Renato, jóia da Baviera

Jovem médio ainda divide portugueses, mas os alemães já andam entusiasmados com o futuro jogador do Bayern. As redes sociais dos bávaros têm refletido esse interesse e até o lema do clube parece adequar-se a Renato

Mia san mia é o lema do Bayern Munique e os alemães já o associam a Renato Sanches, o jovem de 18 anos que na próxima temporada rumará à Baviera e que foi eleito o homem do jogo de Portugal contra a Croácia, nos oitavos-de-final. Traduzido do dialeto bávaro, o lema significa "Nós somos o que somos", mas adaptado ao gigante clube alemão tem outro significado específico: "O Bayern é o Bayern, os demais têm de nos impressionar". E Renato Sanches, o Bulo, como é conhecido, tem-no feito neste Europeu, tendo suscitado grande agitação nas redes sociais do clube durante o duelo entre Croácia e Portugal.

"As nossas redes sociais têm muita atividade, nunca paramos, e é normal que acompanhemos sempre os jogadores do Bayern no Campeonato da Europa. O caso do Renato tem sido um sucesso, também devido à curiosidade dos adeptos, pois muitos não o conheciam. No jogo de Portugal com a Croácia tivemos números muito altos, a sua forma de jogar parece convencer os adeptos e isso vê-se na interação que tiveram connosco nas redes sociais", disse ao DN Kathrin Waltenberger, uma das responsáveis do marketing do Bayern.

Olhando aos números, pode comprovar-se, de facto, que só Boateng, central do Bayern e da seleção alemã, bateu Renato Sanches na interação entre clube e adeptos. O central, autor do primeiro golo da sua seleção na vitória de ontem sobre a Eslováquia, superou o milhar de retweets e likes, mas a segunda publicação mais bem sucedida era sobre a entrada de Renato e a forma como agitou o futebol da seleção portuguesa. Neuer, Hummels, ou mesmo o francês Coman, ficaram longe de suscitar o entusiasmo do médio luso.

"A sua juventude e forma de jogar têm sido muito comentadas, é natural que os adeptos estejam entusiasmados. É um futebolista novo, que ainda não jogou no Bayern e que tem estado em destaque. Penso que já conquistou os adeptos. Adapta-se ao lema do clube. Renato Mia san mia", confessou a dirigente bávara.

Ofuscou Cristiano Ronaldo

A sua exibição frente à Croácia não passou despercebida a ninguém, sobretudo à imprensa alemã. Títulos como "Jóia da Baviera rouba show de Ronaldo", "Com este potro o Bayern vai ter muitas alegrias" ou "Quando um miúdo de 18 anos já é o patrão" foram alguns dos títulos escolhidos por alguns media, como a Sport1, o Die Welt ou Stuttgarter-Zeitung. Cédric Soares, lateral direito português e nascido na Alemanha, falou também à imprensa daquele país sobre o seu colega e não poupou elogios: "É um miúdo com grande talento. Ainda está a aprender, mas será um jogador muito importante no futuro.".

Mas se a imprensa germânica e os adeptos bávaros estão encantados com Renato, o selecionador Fernando Santos prefere colocar água na fervura sobre o jovem. "A mim custa-me um bocadinho ver muitas vezes ver análises de uma forma muito clubística. Vou continuar a pensar pela minha cabeça", salientou o treinador, ontem, em conversa com os jornalistas em Marcoussis

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG