Djibril Cissé confirma que é arguido no 'caso Valbuena'

O antigo internacional francês confirmou ter sido acusado formalmente e também ter ficado surpreendido devido à amizade que tem com Valbuena

O antigo internacional francês de futebol Djibril Cissé confirmou esta quinta-feira que foi formalmente acusado no âmbito do 'caso Valbuena', que envolve a chantagem do médio francês através de gravações de cariz sexual.

"A 24 de fevereiro, Djibril Cissé foi acusado, o que aconteceu no contexto dos procedimentos pendentes sobre a queixa feita por Mathieu Valbuena por atos de chantagem", disse o antigo avançado de Marselha numa declaração enviada à agência noticiosa AFP.

Segundo o mesmo documento, Cissé, agora com 35 anos, ficou "surpreendido" devido à amizade que mantém com Valbuena.

O caso remonta a junho de 2015, quando o antigo jogador do Marselha reportou ter sido vítima de chantagem através de uma chamada anónima de alguém que afirmava deter material de cariz sexual alegadamente protagonizado pelo atleta.

Cissé reafirmou ainda que o envolvimento formal na investigação é "essencialmente justificado pelos atos de chantagem de que o próprio foi vítima em 2009".

O jogador, atualmente consultor da Yahoo Sport, chegou a ser detido a 13 de outubro de 2015, durante algumas horas na sequência do caso, antes de ser libertado, tendo terminado a carreira em fevereiro de 2016.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG