COI adia decisão sobre eventual suspensão da Russia

Comissão de investigação reunida até ao fim-de-semana

O Comité Olímpico Internacional (COI) decidiu esta terça-feira adiar a decisão sobre uma possível suspensão total da Rússia dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O COI formou uma comissão de investigação que analisará todos os aspetos do caso, entre os quais a legalidade de suspender completamente a participação olímpica de um país e que tratamento dar aos atletas limpos.

O COI aguarda também pela decisão do Tribunal Arbitral do Desporto, prevista para quinta-feira, sobre o recurso apresentado por 68 atletas russos contra a decisão da Federação Internacional de Atletismo em proibir a participação do atletismo russo nos Jogos.

Pode ler aqui o comunicado publicado esta terça-feira pelo COI, após uma reunião de emergência do seu comité executivo, via telefone.

Na segunda-feira, o chefe da comissão independente da Agência Internacional Antidopagem (AMA), Richard McLaren, anunciou os resultados da sua investigação, referente à violação de normas antidoping durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 em Sochi, na qual concluiu ter existido, entre 2011 e 2015, um programa de dopagem de Estado na Rússia que encobriu mais de 300 casos de doping positivos, em mais de 30 modalidades diferentes.

O relatório da AMA recomendou ao COI a desqualificação da Rússia dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG