Ciclista chinês parte do sudoeste da China para pedalar até Portugal

"Sempre quis provar a mim próprio e ao mundo que a juventude não tem nada a ver com a idade"

Um homem chinês de 48 anos decidido a provar que "a idade não é obstáculo" partiu do sudoeste da China na quarta-feira, "Dia da Juventude Chinesa", para uma épica viagem de bicicleta com destino a Portugal. "Sempre quis provar a mim próprio e ao mundo que a juventude não tem nada a ver com a idade", afirmou Gou Huanqiang, citado pela agência oficial chinesa Xinhua.

Gou planeia percorrer 170 quilómetros por dia, visando concluir, em menos de três meses, os 15 mil quilómetros que separam Chengdu, capital da província de Sichuan, de Portugal.

Há dez anos, este chinês natural de Qingdao, cidade portuária do norte da China, "pesava 90 quilos" e o seu estado de saúde "estava a deteriorar-se".

A preocupação com o bem-estar surgiu durante uma viagem de negócios a Veneza, onde conheceu um casal de idosos que percorreu de bicicleta, em menos de dois meses, os dois mil quilómetros que separam Holanda e Itália. "Fiquei impressionado com a sua capacidade física e o seu espírito jovem naquela idade, e decidi seguir os seus passos", comentou.

O roteiro de Gou inclui as estradas Sichuan-Tibete, com mais de 2.400 metros de comprimento e uma altitude média acima dos 3.000 metros, e Xinjiang-Tibete.

Em 2012, um outro cidadão chinês, Eric Feng, 29 anos, pedalou também desde a China até Portugal, em homenagem a dois dos seus exploradores marítimos favoritos, o Infante D. Henrique e o almirante chinês Zheng He. Neste caso, a odisseia começou em Kunning, capital da província de Yunnan, junto à fronteira com o Vietname, e durou seis meses.

Exclusivos