Exclusivo

Desporto

Catarina, a espartana louca e campeã do mundo

Fisioterapeuta portuguesa imigrou para Malta à procura de melhores condições de vida e acabou a competir na mais dura prova de obstáculos do mundo, desafiada pelo namorado.

O que começou como "uma brincadeira" e levou a "uma participação inocente" na mais dura corrida de obstáculos do mundo tornou-se em algo sério. Tão sério que Catarina Gomes se sagrou campeã do mundo de Spartan Race - na categoria age group -, em Abu Dhabi, em dezembro. O feito passou despercebido à maioria dos portugueses, mas confirmou o desejo da atleta amadora de entrar no grupo de elite, onde só estão dois portugueses: Samuel e Filipa Castela.

Para ela, o título mundial "é a prova de que o esforço compensa". Mesmo "com um trabalho a tempo inteiro, sem patrocinadores, sem substâncias proibidas e sem apoios". O esforço exigido "é brutal" e só não é sobre-humano porque ela, uma fisioterapeuta/personal trainer de Aveiro de 31 anos, que adora animais, atividades ao ar livre, viajar, sol e mar e detesta a noite, o frio e perder tempo com coisas desnecessárias... aguenta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG