Bruno de Carvalho ilibado no caso da cuspidela

A Comissão de Instrutores concluiu que o presidente do Sporting não cuspiu em Carlos Pinho, presidente do Arouca

A Comissão de Instrutores da Liga ilibou Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, da acusação de ter cuspido em Carlos Pinho, líder do Arouca, no final do jogo entre os dois clubes, no túnel de Alvalade, realizado há oito meses.

A revelação é feita na edição desta quinta-feira do jornal Record, que teve acesso ao documento das conclusões da Comissão de Instrutores, segundo as quais o presidente leonino "expeliu uma pequena parte do fumo inspirado" do cigarro eletrónico na direção "à cara" de Carlos Pinho.

Entretanto, o mesmo jornal revela ainda que Bruno de Carvalho tem a intenção de avançar com pedidos de indemnização à Comissão de Instrutores pela demora na conclusão deste processo.

Exclusivos