Anthony Lopes defende penálti mas dois autogolos salvam PSG

Parisienses continuam 100% vitoriosos mas sofreram mais do que o esperado para levar de vencida o Lyon. Neymar discutiu com Cavani, no lance em que o uruguaio permitiu a defesa ao guardião luso

O Paris Saint-Germain recuperou a liderança isolada da Liga francesa ao receber e bater o Lyon por 2-0, mas desengane-se quem pense que foi um triunfo fácil. A verdade é que os parisienses apanharam alguns sustos antes dos dois autogolos (Marcelo e Morel), que surgiram apenas no último quarto de hora.

Uma das figuras do encontro foi o português Anthony Lopes que defendeu um penálti de Cavanim isto depois de o uruguaio ter discutido com Neymar, o jogador mais caro da história do futebol. E a verdade é que o brasileiro não gostou nada de ver o colega levar avante a decisão de ser ele a cobrar a falta.

Mal ou bem o PSG segue 100% vitorioso na liderança da Liga francesa com seis vitórias em seis jogos. O Mónaco de Leonardo Jardim está logo a seguir com menos três pontos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG