Will Smith quebra silêncio sobre estalo a Chris Rock: "Quero pedir-te desculpas. O meu comportamento foi inaceitável"

Ator gravou um vídeo a desculpar-se pela agressão ao comediante Chris Rock em março, durante a cerimónia de entrega dos Óscares.

Will Smith falou pela primeira vez abertamente sobre o episódio da estalada que deu a Chris Rock na cerimónia de entrega dos Óscares (antes fê-lo apenas através de comunicados), em março. O ator partilhou um vídeo no seu canal do YouTube e nas redes sociais, esta sexta-feira, onde pede desculpas ao humorista que fez um comentário sobre a doença da sua mulher, a atriz e apresentadora Jada Pinkett Smith.

"Chris, quero pedir-te desculpas. O meu comportamento foi inaceitável. Estarei aqui para quando estiveres pronto para falares comigo", referiu, lembrando que tentou falar com Chris Rock sobre o assunto, mas que o comediante recusou sempre. Will Smith desculpou-se também perante todos os familiares e amigos de Chris Rock: "Tantas pessoas foram magoadas naquele momento. Quero pedir desculpa à família do Chris, concretamente ao irmão Tony Rock. Tínhamos um ótimo relacionamento. Era meu camarada. Isto é provavelmente irreparável."

"Passei os últimos três meses a tentar entender a complexidade do que aconteceu naquele momento. Não vou tentar desculpar-me agora, mas posso dizer-te que não há nenhuma parte de mim que ache que aquela era a atitude certa naquele momento para lidar com um sentimento de desrespeito ou insultos", acrescentou.

Em resposta a perguntas de várias pessoas, Will Smith esclareceu ainda se a sua reação foi tomada devido ao comportamento da mulher na altura, ao revirar os olhos perante a piada de Rock sobre a sua doença. "Foi uma reação unicamente minha. A Jada não teve nada a ver com aquilo. Peço-te desculpa. Quero pedir desculpas também aos meus filhos e à minha família", reagiu.

"Sei que foi um episódio confuso e chocante. Se se mantiverem por aí, prometo que poderemos ser novamente amigos", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG