Vem aí um filme dos Pokémon, mas fãs de Pikachu não estão satisfeitos com primeiro trailer

Ryan Reynolds dá voz à estrela do filme que mistura atores de carne e osso com os Pokémon. Mas é o tamanho do pelo de Pikachu que está a gerar maior discussão.

O filme chega aos cinemas em maio de 2019, mas o primeiro trailer de Pokémon: Detetive Pikachu já foi revelado. E gerou confusão entre os fãs. Tudo por causa do grosso pelo amarelo de Pikachu, a personagem principal que vai buscar a sua voz ao ator canadiano Ryan Reynolds (conhecido pelos filmes Deadpool).

"Acho que todos sabíamos que acabaria como um detetive miniatura a dizer repetidamente as mesmas duas palavras. Só não sabíamos que seria assim tão cedo", escreveu Reynolds no Instagram.

O filme é realizado por Rob Letterman, responsável por Monstros vs. Aliens, As Viagens de Gulliver ou Goosebumps:Arrepios.

O Pokémon é um fenómeno que surgiu no Japão em 1996 em videojogos e ganhou popularidade mundial, dando lugar a bandas desenhadas, brinquedos, séries de animação, filmes e o sucesso do jogo para telemóvel Pokémon Go. Pikachu é uma personagem que está presente desde o primeiro jogo, sendo um rato elétrico.

Agora chega a vez de um filme que mistura atores de carne e osso com os Pokémon, criados em computador. No filme (baseado no jogo Detetive Pikachu que foi lançado em 2016 no Japão), Tim Goodman (desempenhado pelo ator Justice Smith) é o único capaz de entender o Detetive Pikachu (as outras pessoas ouvem-no apenas a dizer Pika-pika). Quando o pai, um detetive e antigo parceiro de Pikachu, desaparece após um acidente de carro, ambos juntam-se para descobrir o que lhe aconteceu.

Nas redes sociais, é contudo o pelo de Pikachu que chama a atenção. "Serei o único que pensava que o Pikachu tinha pele como um tubarão. O pelo confundiu-me", escreveu um fã no Twitter.

"Nunca houve um dia na minha vida em que imaginei o Pikachu com um pelo como este", escreveu outro. Em todas as descrições do Pikachu, contudo, refere-se que ele tem pelo. Já que se baseia no pequeno mamífero Pika, em português lebre-assobiadora, que vive em zonas montanhosas e frias do hemisfério norte.

"Por que é que as pessoas estão surpreendidas que o Pikachu tenha pelo? É um rato, que tem pelo? Esperava que o pelo do Pikachu fosse contudo mais curto", escreveu outra fã.

Outro Pokémon que também surge com mais pelo do que o previsto é Jigglypuff. "Os anos não foram gentis para o cantor de lounge Jigglypuff", indica uma fã no Twitter.

Mas há quem agradeça tal facto, dizendo que sem pelo pareceria um bebé Donald Trump.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG