"Princípio da precaução". Festival Músicas do Mundo cancelado

A 22.ª edição do mais importante festival de world music em Portugal passa para 2021.

O Festival Músicas do Mundo (FMM), que iria realizar-se de 18 a 25 de julho em Porto Covo e Sines, foi cancelado devido à pandemia do covid-19. A organização, a cargo da autarquia de Sines, informou em nota não poder garantir que "estejam reunidas as condições sanitárias e logísticas", pelo que a 22.ª edição do festival que atrai todos os anos dezenas de milhares de espectadores fica agendado para julho de 2021.

Os organizadores do FMM relevam neste momento "fazer uso do princípio da precaução" e adiar o festival para o ano seguinte.

"A opção da Câmara Municipal de Sines é a de empenhar-se o mais possível no combate à pandemia para que em 2021 o FMM possa realizar-se e regresse ao sucesso que todos lhe reconhecem", disse o presidente da Câmara, Nuno Mascarenhas. O autarca lembra ainda que o festival é "assegurado, maioritariamente, por trabalhadores da autarquia, que nesta altura têm todas as suas energias direcionadas para o combate à pandemia".

Em fevereiro, o FMM divulgou os primeiros oito nomes do cartaz, que incluia os malianos Amadou & Mariam com os norte-americanos Blind Boys of Alabama, o britânico Nitin Sawhney ou a chilena Mon Laferte.

O FMM, galardoado em 2017 com o European Festival Awards e em 2019 no Iberian Festival Awards, irá em breve divulgar quando irá proceder à devolução dos bilhetes.

Este adiamento acontece um dia depois de o Rock In Rio, agendado para junho, reconhecer estar a estudar alternativas. Outros festivais marcados para julho como o Alive e o Super Bock Super Rock mantêm a organização de pé.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG