Exclusivo Mulheres portuguesas que ousaram ser artistas

Impedidas de frequentar Belas-Artes durante séculos, as mulheres a custo venceram os tabus da sociedade patriarcal. Para honrar as que o fizeram, a Galeria de São Roque, em Lisboa, apresenta A Tribute to Women até 31 de julho.

Nascida em 1899, numa sociedade em que às meninas ditas de família se ensinava piano, algum francês e outras artes de bem agradar no salão, Sarah Affonso encontrou nos pais o estímulo indispensável ao início de uma vida artística. Nessa época, as mulheres pura e simplesmente não frequentavam as escolas de Belas-Artes, em boa parte por causa do recurso a modelos nus, alguns masculinos. Mas Sarah foi mesmo e tornou-se discípula de Columbano Bordalo Pinheiro. Mais tarde, ainda apoiada pela família, seguiu sozinha para Paris, então capital de todas as vanguardas estéticas do Ocidente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG