Kavanaugh na versão de Matt Damon

A audição do juiz no Comité Judicial do Senado, onde negou as acusações de abusos sexuais, serviram de inspiração para o Saturday Night Live com Matt Damon a interpretar um Kavanaugh muito zangado.

"Fui o bêbado virgem mais orgulhoso que vocês já viram". Quem o diz é Brett Kavanaugh, não o verdadeiro, mas o que foi interpretado por Matt Damon no Saturday Nigh Live (STL) do passado sábado. A cena é a recriação da audição do juiz nomeado pelo presidente norte-americano, Donald Trump, para o Supremo Tribunal dos EUA, onde Kavanaugh negou as acusações de agressão sexual, que Christine Blasey Ford alega ter sido alvo.

Na audição, Kavanaugh emocionou-se e mostrou-se irritado com o "golpe" político que diz ter sido alvo. "Na audição" de Matt Damon também houve lágrimas, gritos, e muitos trejeitos levados ao excesso. "Se acham que estou zangado, podem ter a certeza que sim. Mas esperem até eu chegar ao Supremo Tribunal, aí vocês vão todos pagar", disse um Matt Damon muito irritado.

Veja o vídeo:

Na cena não faltou Melissa Milano... mas em forma de figura de cartão. Na realidade, a atriz esteve mesmo no Comité Judicial do Senado para apoiar Christine Blasey Ford, que acusa o juiz nomeado para o Supremo Tribunal de a ter tentado violar em 1982 quando andavam no liceu.

E, claro, Milano não podia faltar no sktech de Brett Kavanaugh no STL. Aliás, a "presença" da atriz na cena também deverá estar ligada à polémica que envolve Matt Damon. Em 2017, Milano criticou o seu colega de profissão pelas suas declarações sobre assédio sexual.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG