Justin Bieber, o homem casado que quer ser como Jesus

O cantor canadiano partilhou com os milhões de fãs a sua experiência enquanto anfitrião da Ação de Graças e disse que queria ser mais paciente e altruísta.

Justin Bieber viu a luz. Ou pelo menos é o que o próprio diz. O cantor que é tão conhecido por ser o ídolo pop de milhões de adolescentes como pelos seus problemas com a justiça diz agora que quer ser mais como Jesus: paciente, gentil e menos egoísta. O casamento e o Dia de Ação de Graças parecem ter sido os responsáveis pela epifania.

O cantor canadiano de 24 anos casou-se há cerca de dois meses com a modelo Hailey Baldwin, que apenas na semana passada confirmou que tinha passado a ser a senhora Bieber, quando mudou o seu apelido no Instagram e depois ao responder a comentários do próprio Justin nas redes sociais, em que a tratava por "minha mulher". Agora, o artista voltou ao Instagram para brindar os seus 102 milhões de seguidores com a sua experiência de homem casado que pela primeira vez foi o anfitrião num Dia de Ação de Graças, uma das datas mais importantes nos Estados Unidos da América.

"É a primeira vez que os dois lados da família se reúnem. As relações são difíceis e o amor nem sempre é fácil, mas obrigado Jesus por me mostrares como consegui-lo! Todos os dias são um processo de aprendizagem, a tentar ser como ele, paciente, gentil, altruísta. Como tenho um longo caminho pela frente! Mas a graça de Deus é suficiente!"

Justin Bieber é notícia constante nas revistas internacionais do social, mas a sua carreira tem só nove anos. Começou quando tinha apenas 15 e se tornou um dos ícones da pop juvenil mundial. Depois disso, teve vários problemas com a justiça, entre condução perigosa e sob efeito de drogas e álcool, agressões a fotógrafos e uma condenação por atacar a casa do vizinho com ovos.

O cantor casou-se em setembro pela igreja Hillsong, fundada em 1983 na Austrália e que também tem presença em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG