O diário para os nossos dias já está aqui

Inovação. A partir de hoje, o seu Diário de Notícias é diferente. Um jornal que começou moderno, que inovou no mercado da edição no século XIX, criando um modelo de negócio que vivia dos leitores dispostos a pagar por ele - além dos anunciantes - volta a inovar, sendo o primeiro jornal português a fazer a transição digital.

Vamos estar onde estão mais de 90% dos nossos atuais leitores que chegam aos nossos conteúdos através dos meios online - reforçando a abordagem, enfim, fortificando o jornalismo, aumentando a oferta. A isto acrescentamos a curadoria de uma edição diária digital, com número e capa, que os leitores recebem de manhã cedo, à medida da sua conveniência.

Este é um passo em direção ao futuro, que estamos a dar com cuidado e gosto. Foram feitas alterações na redação e mudanças técnicas para melhor acomodar o jornalismo que queremos fazer. Teremos um site novo, onde a seleção e a qualidade são os principais critérios - e que visualmente é próximo do que é, hoje, um clássico jornal de papel. Estamos a dar passos para um futuro mais firme, mais sustentável. Venha connosco, caro leitor.

TOME NOTA: Como vai funcionar o novo DN?

- Todos os dias estará online, ao minuto.

- O site do DNagregará agora novas áreas temáticas com as marcas de Life (saúde, família e comportamento), Insider (tecnologia e digital), Ócio (lifestyle e luxo) e Evasões 360 (viagens).

- Às sete da manhã, todos os dias, sai a edição digital diária. Chega por newsletter e está acessível também através do site - mobile e desktop. Esta edição tem vários artigos exclusivos, crónicas e temas de lifestyle.

- A newsletter da hora do almoço trará novos conteúdos e crónicas, nomeadamente um diário de aforismos.

- Aos domingos sai para a banca a edição em papel, em novo formato, grande. Terá um caderno principal e mais dois cadernos, o 1864, temático, de reportagem e histórias, e o Dinheiro Vivo (agora ao domingo), e, todas as semanas, uma revista diferente, das várias marcas que compõem o novo DN.

- Na primeira semana do mês, a revista Ócio, na segunda a Evasões 360, na terceira, a Life, na quarta, a Insider. Nos meses com cinco semanas haverá uma revista extra. Todas estas revistas permanecem em banca após essa semana.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.