Internet deve ultrapassar a televisão já em 2019

Estudo da agência Zenith, realizado em 63 países, prevê que o número de horas passadas a ver televisão seja ultrapassado pelas da Internet já no próximo ano. Em 2011, esta só valia 5% do consumo de média global

A Internet, sobretudo a Internet móvel, está a ganhar terreno a todas as outras plataformas de comunicação, preparando-se para alcançar a curto prazo o primeiro lugar. A conclusão é de um estudo realizado pela agência Zenith, em 63 países, segundo o qual a atual diferença, ainda favorável à televisão, de 173 minutos diários contra 160, seja anulada já em 2019.

Em 2020, prevê a mesma agência, a Internet terá crescido até aos 180 minutos diários - ou três horas - de consumo por cada cidadão, com a televisão a baixar para os 168.

"A expansão de dispositivos móveis e as redes rápidas de dados mobile transformaram o consumo global dos media no passado recente. E 24% de todo o consumo de média no mundo será móvel neste ano", defende o estudo, onde é lembrado que em 2011 - há apenas sete anos - o peso da internet em dispositivos móveis era de apenas 5% do total do consumo de média.

Ler mais

Exclusivos