Gabriel Diniz quis fazer surpresa à namorada e apanhou boleia em avião de instrução

O cantor de "Jenifer", morreu aos 28 anos, quando viajava num avião sem autorização para táxi aéreo. Ia surpreender a namorada, que fez 25 anos esta segunda-feira.

Gabriel Diniz viajou num avião que só tinha autorização para voos de instrução. Segundo o site da Globo (G1), o cantor terá apanhado boleia de um dos pilotos, seu amigo e com quem passou o fim de semana em Salvador, tendo-lhe oferecido boleia para o regresso. A informação foi dada por um dos diretores do Aeroclube de Alagoas, empresa proprietária do aparelho, que se despenhou esta segunda-feira, provocando a morte dos três ocupantes.

A aeronave, modelo Piper Cherokee PT-KLO, tinha deixado Salvador rumo a Maceió, e sobrevoava uma aldeia em Estância, no estado de Sergipe, quando ocorreu o acidente. Morreram as três pessoas que seguiam a bordo, Gabriel Diniz e dois pilotos, também diretores do aeroclube.

A aeronave tem licença para fazer voos de treino ou de instrução, o que significa que não poderia fazer, por exemplo, voos privados ou táxi aéreo. Este é um dos factos que a Agência Nacional de Aviação Civil irá apurar bem como as causas do acidente.

Outra informação avançada pela imprensa brasileira é que o cantor antecipou em um dia o regresso a Maceió para fazer uma surpresa à namorada, Karoline Calheiros, que fez 25 anos esta segunda-feira.

A Folha de São Paulo diz que o cantor poderia ter ficado mais um dia em Salvador, mas antecipou o regresso para chegar a tempo de festejar o aniversário da psicóloga. Os bombeiros de Sergipe dizem que a aeronave desapareceu do radar por volta as 12:40, horas locais (16:20 em Lisboa).

4.ª músico do Cavaleiros do Forró a morrer

O cantor, autor do sucesso Jenifer, deu um espetáculo no domingo na Feira de Santana, no estado da Bahia.

Gabriel Diniz tinha 28 anos e nasceu em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Começou na banda Cavaleiros do Forró, onde foi vocalista entre 2010 e 2011, antes de enveredar por uma carreira a solo.

É a quarta pessoa que passou pela banda a ter uma morte trágica, três deles vocalistas.

Em 2004, a 3 de maio, morreram o vocalista José Inácio e o guitarrista Edivan da Silva num acidente de viação. Em 2017, a 16 de junho, faleceu a então vocalista Eliza Clívia, em Aracaju, Sergipe, quando seguia no carro com o marido (o baterista Sérgio Ramos, que também morreu) e bateu num autocarro.

Os Cavaleiros do Forró foram fundados em 2001 e já tiveram 20 vocalistas.

O corpo de Gabriel Diniz vai estar no ginásio Ronaldo Cunha Lima, em João Pessoa, cidade do estado de Paraíba, onde o cantor cresceu.

Exclusivos