Ícone da televisão e da música italiana Raffaella Carrà morre aos 78 anos

Raffaella Càrra teve uma longa carreira na TV pública italiana, Rai, onde revelou os seus talentos como dançarina, cantora e apresentadora de programas de sucesso. "Foi uma mulher de grande talento, apaixonada e humana que nos acompanhou toda a vida", destacou o ministro da Cultura.

O ícone da televisão e da música italiana Raffaella Carrà morreu na segunda-feira aos 78 anos, informou a imprensa local, citando o ex-companheiro Sergio Japino, que recordou o "riso inimitável e o talento extraordinário" da artista.

"A Raffaella deixou-nos por um mundo melhor, onde a sua humanidade, o seu riso inimitável e o seu extraordinário talento brilharão para sempre", disse Sergio Japino à agência noticiosa Ansa.

Também o ministro da Cultura italiano, Dario Franceschini, se despediu de Raffaella Carrá, dizendo que partiu "a grande senhora da televisão italiana".

"[Foi] uma mulher de grande talento, apaixonada e humana que nos acompanhou toda a vida", acrescentou.

o primeiro-ministro, Mario Draghi, destacou o seu riso e a sua generosidade que acompanharam várias gerações de italianos.

Nascida em Bolonha (norte de Itália) em 18 de junho de 1943, Raffaella Càrra, cujo nome verdadeiro é Raffaella Maria Roberta Pelloni, teve uma longa carreira na televisão pública italiana, Rai, onde revelou os seus talentos como dançarina, cantora e apresentadora de programas de sucesso, deixando a sua marca em milhões de telespetadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG