"Gostaria de morrer a dormir, aos cem anos, cheia de saúde"

O famoso questionário Proust respondido pela escritora Inês Pedrosa.

A sua virtude preferida?

A bondade.

A qualidade que mais aprecia num homem?

Integridade.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?

Integridade.

O que aprecia mais nos seus amigos?

A verdade, o sentido de humor e a disponibilidade incondicional.

O seu principal defeito?

Dizem-me que é dizer tudo o que penso, tal e qual como o penso, mesmo ou sobretudo quando me esforço genuinamente por não cometer essa indelicadeza.

A sua ocupação preferida?

Pensar.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?

Ter as pessoas que amo perto de mim, com saúde.

Um desgosto?

Por bem fazer, mal haver.

O que é que gostaria de ser?

O que sou. Procuro sê-lo cada vez melhor.

Em que país gostaria de viver?

Metade do ano em Portugal, metade do ano no Brasil.

A cor preferida?

Azul.

A flor de que gosta?

Amores-perfeitos. A minha avó paterna tinha um jardim cheio deles, e corria para apanhar um raminho para me dar, a cada despedida.

O pássaro que prefere?

A andorinha. Tardes inteiras a vê-las construir ninhos no beiral do telhado dos meus avôs maternos.

O autor preferido em prosa?

Agustina Bessa-Luis.

Poetas preferidos?

Luís de Camões, Maria Teresa Horta, Carlos Drummond de Andrade, Nuno Júdice, Adrienne Rich.

O seu herói da ficção?

D. Quixote de La Mancha.

Heroínas favoritas na ficção?

Jane Eyre, Anna Karenina, Sofia Zawistowski, Marianna Sirca, Maria Pascoal, Alexandra Alpha, Milene Leandro e a minha Rosa Cabral.

Os heróis da vida real?

As mulheres e homens que lutam diariamente por um mundo mais justo e feliz. São muitos milhões, ao contrário do que se diz.

As heroínas históricas?

Mary Wollstonecraft, Rosa Parks, Simone Weil, Simone de Beauvoir, Zora Neale Hurston, George Sand, Carolina de Jesus, Ana de Castro Osório, Carolina Beatriz Ângelo, Natália Correia.

Os pintores preferidos?

Josefa de Óbidos, Paula Rego, Graça Morais, Ana Vidigal.

Compositores preferidos?

Chiquinha Gonzaga, Germaine Tailleferre, Michael Nyman, Caetano Veloso.

Os seus nomes preferidos?

Laura e Gilson.

O que detesta acima de tudo?

A cobardia e o arrivismo, orgulhosos mãe e pai de todas as iniquidades.

A personagem histórica que mais despreza?

Adolf Hitler, a megalomania assassina agora ressuscitada em Vladimir Putin.

O feito militar que mais admira?

A heróica resistência ucraniana à ignóbil invasão russa.

O dom da natureza que gostaria de ter?

A eternidade.

Como gostaria de morrer?

A dormir, aos cem anos, cheia de saúde. Ao mesmo tempo que o meu marido.

Estado de espírito atual?

Desarrumado e maravilhado, como sempre.

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?

Os cometidos por amor.

A sua divisa?

Demorei a herdá-la do meu pai: "Só justifica quem perde".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG