"Função pública, os heróis da vida real. Heroínas? Marta Temido e Graça Freitas"

O famoso questionário respondido pelo escritor Afonso Cruz.

A sua virtude preferida?
As que não tenho. As que gostaria de ter.

A qualidade que mais aprecia num homem?
A mesma que aprecio num ser humano: poesia.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?
A mesma que aprecio num poema: ser humano.

O que aprecia mais nos seus amigos?
A inusitada capacidade de serem meus amigos.

O seu principal defeito?
Calvície.

A sua ocupação preferida?
Ler.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?
Bons amigos e bom vinho.

Um desgosto?
Todos os desencontros (apesar de haver uma beleza em cada um deles).

O que é que gostaria de ser?
Invisível, mas, não sendo possível, escritor.

Em que país gostaria de viver?
Em todos. Vou cumprindo esse sonho através das viagens.

A cor preferida?
Riscas verdes e brancas.

A flor de que gosta?
Cravo na lapela.

O pássaro que prefere?
Simurgh.

O autor preferido em prosa?
Kazantzákis.

Poetas preferidos?
Rumi.

O seu herói da ficção?
Corto Maltese.

Heroínas favoritas na ficção?
Alice.

Os heróis da vida real?
Função pública. Agora, e especificamente, os profissionais de saúde.

As heroínas históricas?
Não sei se serão históricas, mas para já: Marta Temido e Graça Freitas.

Os pintores preferidos?
Frida e Schiele.

Compositores preferidos?
Adoro os clássicos: Blind Willie Jonhson.

Os seus nomes preferidos?
O nome da mãe.

O que detesta acima de tudo?
Pessoas que comem que se fartam e não engordam.

A personagem histórica que mais despreza?
O capital, protagonista de quase tudo.

O feito militar que mais admira?
A velocidade das tartarugas.

O dom da natureza que gostaria de ter?
Florescer.

Como gostaria de morrer?
Na cama, de forma natural, depois de ter passado pela eternidade.

Estado de espírito atual?
Onde está o saca-rolhas?

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?
Os meus, claro.

A sua divisa?
Teimosia e esperança (não é minha, mas adotei).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG