Cultura
22 janeiro 2021 às 07h00

"Em Portugal percebi como funcionava um país democrático"

Há mais de uma década violinista na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Ianina Khmelik é também IAN, o alter ego com que no ano passado editou o disco de estreia a solo, RaiVera, do qual lançou agora o single What the Eyes Cannot See.