Cantor brasileiro Juliano Cezar morre de ataque cardíaco durante concerto

[contém vídeo que pode ferir suscetibilidades] Na internet circulam imagens do momento em que Juliano Cezar caiu no palco, de microfone na mão, no meio de uma música. A morte do cantor causou grande comoção no meio artístico sertanejo, um dos estilos musicais mais populares do Brasil.

O cantor brasileiro Juliano Cezar, figura local da música sertaneja, morreu em palco na madrugada desta terça-feira, aos 58 anos, vítima de ataque cardíaco, comunicou o produtor do artista.

"Esta é a notícia mais triste que poderíamos comunicar. (...) Juliano Cezar teve uma paragem cardiorrespiratória enquanto se apresentava num show em Uniflor, interior do Paraná", um estado no sul do Brasil, informou a produtora Explosion Music na rede social Facebook.

A morte do cantor causou grande comoção no meio artístico Sertanejo, um dos estilos musicais mais populares do país, cujos espetáculos dos maiores artistas atraem dezenas de milhares de fãs.

"Descanse em paz, 'Cowboy'", escreveu na rede social Twitter Sorocaba, um dos atuais artistas mais emblemáticos do Sertanejo.

Circulam na internet imagens do momento em que Juliano Cezar, usando um chapéu de 'cowboy' bege, caiu no palco, de microfone na mão, no meio de uma música.

Equipas de socorro tentaram reanimar o artista, sem sucesso.

Com 30 anos de carreira, Juliano Cezar gravou cerca de dez álbuns e foi indicado, em 2004, ao Grammy Latino na categoria "melhor álbum romântico"

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG