Andrea Bocelli revela que teve covid-19 e doa plasma para pesquisa. "Foi um pesadelo"

A mulher e os filhos do tenor italiano, de 61 anos, também foram infetados pelo novo coronavírus.

O famoso tenor italiano Andrea Bocelli, de 61 anos, revelou que foi infetado pelo novo coronavírus no início de março, conforme noticia, esta terça-feira, os jornais italianos como o La Repubblica. Recuperado, Andrea Bocelli decidiu doar seu plasma para pesquisa.

Foi "como viver um pesadelo, porque tinha a sensação de que já não estava a controlar as coisas", disse o tenor, citado pelo Corriere della Sera, a um grupo de jornalistas depois de ter doado o seu plasma a um hospital em Pisa (Toscana). Trata-se de um "pequeno gesto", mas "essencial", considerou.

Bocelli explicou que teve um pouco de febre e que ficou praticamente assintomático e, por isso, infetou a mulher e os dois filhos, que também apresentaram sintomas leves.

Verónica, a mulher do tenor, também doou plasma para pesquisa.

O tenor recorda a "má experiência" de ter ficado infetado, assim como a sua família, pelo novo coronavírus, apesar de terem conseguido recuperar bem da doença. "Superamos a doença muito bem, embora tenha, infelizmente, cancelado muitos concertos".

Para Andrea Bocelli, o vírus deixou o mundo de joelhos. Disse que "há várias reflexões" a serem tiradas desta crise em Itália, mas não gostaria de estar no lugar dos decisores políticos. "Graças a Deus que não desempenho uma função política e não sou chamado a tomar decisões. Não gostaria de estar no lugar daqueles que têm de tomar decisões", afirmou.

Uma das possibilidades exploradas pelos cientistas para tratar doentes com covid-19 é recorrer a plasma de doentes que superaram a doença, uma vez que o plasma contém anticorpos potencialmente benéficos.

A Itália é um dos países do mundo mais afetados pelo novo coronavírus, No total, pelo menos 230 555 pessoas foram diagnosticadas com covid-19 e 32 955 morreram.

Bocelli participou em várias iniciativas de solidariedade, incluindo o concerto on-line 'One world together at home', promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Lady Gaga.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG