Alguém quer ver um filme sobre David Bowie sem a sua música?

Rodagem de "Stardust" começa em junho mas filho do músico garante que o filme não tem autorização para usar as músicas de Bowie.

Johnny Flynn, o músico e ator de 35 anos, protagonista da série Lovesick (na Netflix), vai interpretar o papel de David Bowie em Stardust, o filme que vai contar parte da história do músico britânico falecido em 2016: mais precisamente a viagem aos Estados Unidos, em 1971, que inspirou a criação de Ziggy Stardust.

No entanto, o filho de Bowie, Duncan Jones já confirmou que a família não apoia esta produção e que não irá autorizar o uso de músicas de David Bowie: "Tenho a certeza que ninguém cedeu os direitos das músicas para NENHUM biopic... eu saberia!, escreveu Jones na sua conta de Twitter. E acrescentou: "Não estou a dizer que este filme não vai acontecer. Sinceramente, não sei. Estou a dizer que, para já, este filme não terá nenhuma das músicas do meu pai e não acho que isso vá mudar. Se querem ir ver um biopic sem a sua música e sem a bênção da família, isso é com o público."

Nas respostas aos comentários no Twitter, Duncan Jones, que também é realizador, deixou claro que não pretende ser ele próprio a fazer um filme sobre o pai mas não ficaria desagradado se o escritor Neil Gaiman e o realizador Peter Ramsey quisessem entrar nessa aventura.

Johnny Flynn, que se tornou conhecido como músico com a sua banda (Johnny Flynn & The Sussex Wit), está neste momento em cena no West End londrino com a peça True West, de Sam Shepard, em que contracena com Kit Harrington. Segundo a Variety, a atriz Jena Malone irá interpretar o papel de Angie, a companheira de Bowie na altura. O filme será realizado por Gabriel Range (de Morte de um presidente, 2006, e Eu, Escrava, de 2010). A rodagem começa em junho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG