A realidade simulada de Bliss de Mike Cahill

BLISS
Mike Cahill
(Prime Video)

A teoria de que vivemos dentro de uma realidade simulada por computador já foi explorada com sucesso na saga Matrix e, antes desta, em O Mundo no Arame (1973), de Rainer Werner Fassbinder. Bliss, a mais recente abordagem do conceito, por Mike Cahill, um realizador cuja curta obra se tem pautado pelos temas da ciência, é uma miniatura desengonçada, mas ambiciosa, que conta com o salero inesgotável de Salma Hayek, na pele de uma sem-abrigo xamânica que sabe que "nada disto é real", e Owen Wilson em modo desorientado, que se deixa levar pelo espírito lúdico de quem, depois de tomar comprimidos em forma de cristais Swarovski, é capaz de desafiar as leis da física... Do outro lado do suposto simulacro reencontramos os dois com uma aparência mais elegante e numa paisagem paradisíaca. O que é real? O que é artificial? Talvez se possa perguntar ao Slavoj Zizek-holograma que surge numa festa rodeado de atenções. O filósofo rock star ganha o seu primeiro crédito como ator numa geringonça de ficção científica. INL


ABAIXO DE ZERO
Lluís Quílez
(Netflix)

Um Netflix Original vindo de Espanha e com uma escala de produção tremenda. A história de um transporte de prisioneiros num percurso por uma zona gelada de Espanha. Por muito que funcione como exercício de suspense e de cinema de ação, o mais gratificante aqui é a sugestão de um espelho da atual situação política espanhola: nas celas da carrinha está uma representação figurativa da cisão social do país... RPT


O PEQUENO QUINQUIN
Bruno Dumont
(Medeia Filmes)

É um dos títulos da "quarentena cinéfila", streaming gratuito no site da Medeia Filmes (neste caso, até ao meio-dia de segunda-feira). Bruno Dumont, homem do drama puro e duro, aventura-se aqui, com contagiante felicidade, num registo de comédia centrado numa cidadezinha do norte de França assombrada por uma série de crimes misteriosos. Na melhor tradição de Fernandel, Bourvil ou Louis de Funès. JL

ENORME
Sophie Letourneur
(Filmin)

Uma comédia observacional sobre as relações homem/mulher e os clichés das "novas famílias", neste caso abordando o caso de uma pianista famosa que fica invulgarmente grávida. Entre a comédia do absurdo e o choque de costumes, Énorme funciona sem grandes alaridos e sem ceder aos compromissos da lógica dos gagues. E tem também uma óptima Marina Foïs. Foi descoberto em Roterdão 2020... RPT


WALLACE & GROMIT: A MALDIÇÃO DO COELHOMEM
Nick Park e Steve Box
(Netflix)

As deliciosas peripécias da dupla Wallace & Gromit (símbolo máximo da animação de qualidade britânica, com selo dos estúdios Aardman) estão intactas nesta que foi a primeira aventura em formato de longa-metragem, desde logo, vencedora de um Óscar. Aqui, Wallace e o seu cão, Gromit, metem-se num enredo de couves e cenouras com um coelho gigante a ameaçar a concretização do Concurso Anual de Vegetais. INL

ROUBAIX, MISERICÓRDIA
Arnaud Desplechin
(DVD Midas Filmes)

De olhos postos na ação do comissário Daoud (nobilíssimo Roschdy Zem), este drama policial - e social - é a carta de amor de Arnaud Desplechin à terra que o viu nascer, Roubaix, uma das zonas mais pobres do Norte de França. Baseia-se na história verídica de um crime, mas é sobretudo uma genuína balada noturna revestida de um humanismo à Maigret, a famosa personagem das novelas policiais de Georges Simenon. INL

WENDY
Benh Zeitlin
(Videoclubes TV)

Depois de Bestas do Sul Selvagem este jovem cineasta americano passou a ser um nome a seguir. No difícil "segundo filme" aposta numa versão especial de Peter Pan sob o ponto de vista de Wendy, aqui uma menina que foge para uma Terra do Nunca juntamente com os manos gémeos. Esta adaptação ao universo de Barrie é feita com caprichado sentido de conto "folk" genuinamente americano. Mais desconcertante do que encantador... RPT

JERRY NO GRANDE HOTEL
Jerry Lewis
(TVCine)

Título original: The Bellboy (sábado). Depois da parceria com Dean Martin, agora integrando o saber de encenação acumulado na televisão, Jerry Lewis (1926-2017) estreava-se na realização, interpretando um empregado de hotel deliciosamente desastrado. Aconteceu em 1960 e ficou como um momento decisivo na história moderna da comédia e na filmografia do seu autor, legítimo herdeiro de Charlie Chaplin e Buster Keaton. JL

ALPHA: NOS BASTIDORES DA CORRUPÇÃO
Brillante Mendoza
(DVD Films4You)

A política de combate à droga nas Filipinas posta em prática pelo presidente Rodrigo Duterte tem sido um foco de muitas polémicas, internamente e a nível internacional. Neste filme com data de 2018, Brillante Mendoza aborda essa conjuntura através da personagem trágica de um polícia corrupto - é mais um caso exemplar de um olhar realista, contundente, profundamente desencantado. JL

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG