A primeira edição impressa da obra de Platão, de 1485, vai ser leiloada

Leilão foi anunciado pela casa Christie's e está agendado para 23 de abril. Valor está estimado entre 165 mil e 330 mil euros

A primeira edição impressa da obra do filósofo grego Platão, realizada em 1484-1485, faz parte de uma coleção de livros raros e antigos que serão leiloados no final de abril, anunciou a casa Christie's nesta quinta-feira (11).

A venda, prevista para 23 de abril em Nova Iorque, procede da coleção de Elaine e Alexandre Rosenberg, filho do célebre negociador de arte Paul Rosenberg e tio da jornalista Anne Sinclair.

A família, tradicionalmente filantrópica, não deseja obter qualquer lucro pessoal.
"A coleção deveria valer mais de oito milhões de dólares (cerca de 6,5 milhões de euros) e todos os lucros serão destinados aos museus para apoiar os seus departamentos de livros antigos", disse a Christie's em comunicado.

Sobre a obra de Platão, trata-se uma edição de suas obras completas em latim "que as freiras de San Jacopo di Ripoli imprimiram em Florença", explica a casa de leilões.

Esta edição marcou "o retorno da filosofia de Platão à Europa ocidental após uma ausência de quase 1.000 anos", acrescentou a Christie's. Este volume está avaliado entre 200.000 e 400.000 dólares (entre cerca de 165.000 e 330.000 euros). Mas não é o livro mais caro dos que vão a leilão.

Um livro de horas - um livro de oração para os laicos, criado nos fins da Idade Média, na Europa, que incluía um calendário com os dias das festas litúrgicas e uma série de orações a serem recitadas durante o dia - realizado em 1440 por um ilustrador, do qual não se sabe seu verdadeiro nome e que trabalhou nas cidades francesas de Angers ou Le Mans, está avaliado entre 1,5 milhão e 2 milhões de euros.

"O conjunto de manuscritos ilustrados será apresentado pela primeira vez nas galerias da Christie's em Paris de 18 a 23 de março", afirmou a casa de vendas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG