Um casamento atribulado na Regaleira

Há noivos e noivas, copo-d"água. Fado e magia. É uma visita guiada diferente, em forma de história, com uma noiva em apuros. Luís de Matos, Katia Guerreiro, Aldo Lima e Vítor de Sousa aparecem por lá...

Se na vida real nunca se sabe exatamente o que vai acontecer num casamento, imagine-se este casamento, que é uma visita noturna guiada à Quinta da Regaleira, em Sintra. Feita por guias improváveis, como Katia Guerreiro ou Luís de Matos, apresenta apenas duas certezas: tem a duração de 90 minutos e aconselha ao uso de calçado confortável e agasalhos. O resto... bem, do resto sabemos pouco em frases contidas e bem-dispostas.

Paulo Dias, produtor da UAU, explica ao DN os preparativos para esta visita guiada, promovida pela Fundação Cultursintra, que hoje decorre na Regaleira. "É a história de um casamento que, como todos os casamentos, tem noivos e noivas, copo-d"água e fotografia no final." Os seis grupos de visitantes que vão visitar a quinta percorrem também uma história que é a deste casamento. Nas várias cenas com que se deparam, os visitantes vão encontrar os tais guias improváveis que dão nome ao espetáculo: a fadista Katia Guerreiro, o ilusionista Luís de Matos e os atores/comediantes Vítor de Sousa, Aldo Lima, André Nunes, Telmo Ramalho e Pedro Pernas.

Katia Guerreiro vai cantar (e isso também é certo). Escolheu o tema depois de ler o guião e não esconde a expectativa de ver a reação das pessoas quando a encontrar "por ali". Bem-disposta, a fadista desvenda mais um bocadinho do que vai acontecer nesta noite, nas seis visitas consecutivas à quinta: "Há uma noiva que precisa de ser ajudada e é isso que nós vamos fazer..."

Se é a magia de Luís de Matos que resolve a situação, não sabemos. O ilusionista diz que o momento que preparou "vai ser íntimo, vai ser interativo e vai ajudar a contar a história". Fã assumido daquele espaço, que já visitou "dezenas e dezenas de vezes", considera que os Guias Improváveis "serão uma experiência orgânica onde esse ambiente mágico se manifesta uma vez mais".

Paulo Dias acentua que todo o enquadramento cénico do evento foi "muito elaborado", criando um ambiente ainda mais especial. Nesta noite, num espetáculo único, irrepetível e gratuito mediante inscrição (já sem vagas à hora de fecho desta edição), serão criados seis grupos de 125 pessoas. Cada visita terá a duração de 90 minutos. A primeira visita começará às 21.00 e as restantes seguem-se com meia hora de intervalo. Todas as visitas são em português. A organização recomenda o uso de calçado confortável e agasalhos.

Guias Improváveis

Quinta da Regaleira, Sintra

21.00, 21.30, 22.00, 22.30, 23.00 e 23.30

Grátis (mediante marcação) - esgotado

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG