Tentações de Santo Antão e Painéis de S. Vicente em selo

Emissão filatélica dos CTT homenageia tesouros dos museus nacionais. Selos têm valor facial de 80 cêntimos. À venda a partir de segunda-feira

Os Painéis de São Vicente de Nuno Gonçalves e o tríptico Tentações de Santo Antão de Bosch (ambos património do Museu Nacional de Arte Antiga) serão representados numa nova emissão filatélica que pretende homenagear alguns dos tesouros dos museus portugueses.

"O bloco e o selo que ilustram os seis Painéis de São Vicente apresentam um agrupamento de 58 personagens em torno da dupla figuração de São Vicente, numa solene e monumental assembleia representativa da Corte e de vários estratos da sociedade portuguesa da época, com destaque para a cavalaria e para a igreja, em ato de veneração ao patrono e inspirador da expansão militar quatrocentista no Magrebe", adiantam os CTT em comunicado.

O tríptico Tentações de Santo Antão (a partir de terça-feira em exposição no Museu do Prado em Madrid, até setembro), obra-prima de Hieronymus Bosch, apresenta "a mais recorrente temática de Bosch: a tentação e a solidão do homem justo perante o mal e o diabólico, que representado por monstros e seres híbridos, domina o mundo terreno."

Os dois emblemáticos quadros, ganham agora a forma de selo. A emissão dos CTT é composta dois selos com o valor facial de 0,80 euros cada e uma tiragem de 115 mil exemplares cada, e dois blocos, cada um com um selo, com o valor de 1,80 euro e uma tiragem de 40 mil exemplares cada, segundo precisa a empresa.

Os selos têm o formato de 80 X 30,6mm e os blocos 125 X 90 mm.

As obliterações de primeiro dia serão feitas nas lojas dos CTT dos Restauradores em Lisboa, do Município, no Porto, Zarco, no Funchal e Antero de Quental, em Ponta Delgada, informa a empresa.

Exclusivos