Quatro artistas concorrem ao prémio Turner agora sem limite de idade

Quatro finalistas concorrem ao prémio Turner, que será atribuído no dia 5 de dezembro, anunciou hoje a promotora do galardão agora sem limite de idade, numa conferência de imprensa realizada na Tate Britain, no Reino Unido.

Nesta edição do prémio Turner, considerado o galardão de arte contemporânea mais prestigiado no Reino Unido, foram selecionados os artistas Hurvin Anderson, 52 anos, Andrea Büttner, 45 anos, Lubaina Himid, 62 anos, e Rosalind Nashashibi, de 43 anos.

Este ano foram estabelecidas alterações no regulamento do prémio para permitir a participação de artistas com idade superior a 50 anos.

O prémio será anunciado em dezembro na Ferens Art Gallery e as obras dos finalistas do Turner Prize vão estar expostas a partir de 26 de setembro, com entrada gratuita para o público.

O júri é presidido pelo diretor da Tate Britain, Alex Farquharson, e constituído pelo coeditor da Frieze Dan Fox, pelo crítico de arte Martin Herbert, pelo curador do Instituto de Arte Contemporânea em Berlim Mason Leaver-Yap e pela diretora do Showroom, Emily Pethick.

Criado em 1984, o Turner Prize visa a atribuição de um prémio, anualmente, a um artista que viva ou trabalhe no Reino Unido.

Na edição de 2016, o prémio no valor de 29.600 euros foi atribuído a Helen Marten.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG