Policial italiano em tom menor

A RAPARIGA NO NEVOEIRO Donato Carrisi

A produção cinematográfica italiana não desapareceu do mercado português. Ainda bem - convém não esquecer que muitas das suas variações contemporâneas mantêm ligações com um riquíssimo património temático e estético. Infelizmente, a primeira realização de Donato Carrisi (argumentista que vem do espaço televisivo) não será um bom exemplo de tal dinâmica criativa.

A história do desaparecimento de uma jovem serve de base a um esquema policial que aposta numa velha ambiguidade: a de ir lançado suspeitas sobre o próprio investigador (interpretado por Toni Servillo que vimos, por exemplo, em A Grande Beleza).

Acima de tudo, e apesar da sua atenção ao assombramento dos espaços, Carrisi confunde a criação de suspense com a exploração de "surpresas" mais ou menos arbitrárias. Hitchcock pode ajudar a corrigir semelhante equívoco.

Classificação: * medíocre

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG