Manuel Alegre homenageado em Nápoles

O escritor Manuel Alegre será o convidado de honra, amanhã e sexta-feira, em Nápoles, Itália, do lançamento do projecto "Visões & Paixões Napolitano-Portuguesas", uma iniciativa de uma rede de entidades culturais napolitanas, dinamizada pela Associação Cultural Kolibri e por Maria Luísa Cusati, tradutora da obra do poeta em Itália.

O evento conta ainda com a colaboração da Academia de Belas Artes de Nápoles, da Universidade L'Orientale, da Associação Itália-Portugal, do Consulado de Portugal em Nápoles e da Editora Sinnos.

O projecto "Visões & Paixões Napolitano-Portuguesas" visa desenvolver um percurso cultural e didáctico, especialmente dirigido a jovens artistas da licenciatura em Ilustração da Academia de Belas Artes, através da ilustração de textos de Manuel Alegre pelos alunos, que depois participarão com os seus trabalhos num concurso, a realizar em Maio de 2012, findo o qual será escolhido, por um júri, o trabalho a publicar numa edição bilingue pela Editora Sinnos.

Durante os dois dias em que estará em Nápoles, Manuel Alegre, escolhido como convidado de honra na qualidade de poeta, político, combatente da liberdade e figura de referência da democracia portuguesa, terá dois momentos especiais:

- Quinta-feira, dia 24, às 17h00, na Aula Magna da Academia de Belas Artes de Nápoles, dialogará com os alunos, docentes e público da cidade de Nápoles, por ocasião da inauguração da exposição dos desenhos originais do livro "Uma Estrela / Una Stella", que estarão expostos até 11 de Dezembro na Biblioteca "Anna Caputi" da Academia de Belas Artes.

- Sexta-feira, dia 25, às 17h30, estará na sede da Reitoria da Oriental, no Palazzo Du Mesnil, para um encontro intitulado "Conhecer Manuel Alegre: o homem, o político, o poeta", dedicado ao seu percurso intelectual, humano e político. Nessa sessão irão intervir, além do homenageado, a lusitanista Maria Luisa Cusati e Iaia De Marco e o historiador Guido D'Agostino.

A iniciativa conta ainda com um espectáculo de teatro sobre Leonor da Fonseca Pimentel, uma mulher do século XVIII, portuguesa de origem, napolitana de adopção, que foi poetisa e escritora, uma das primeiras jornalistas mulheres na Europa, directora do Monitore Napolitano, heroína e mártir dos montins napolitanos de 1799.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG