Italianos experimentam o musical

AMMORE E MALAVITA, Antonio e Marco Manetti

Convenhamos que as rotinas do mercado nos tornaram céticos e descrentes... Observe-se a ruidosa promoção das aventuras de "super-heróis": apesar de toda a agitação imposta pelo marketing, como acreditar que ainda alguém se preocupa em produzir genuínos espetáculos de cinema?

Digamos que este filme italiano possui, pelo menos, o mérito de nos surpreender de forma direta e genuína: estamos perante um retrato do submundo do crime na cidade de Nápoles construído como... um filme musical!

Os resultados são desequilibrados, por vezes revelando alguma inépcia (sobretudo no trabalho coreográfico), mas não é todos os dias que deparamos, assim, com um objeto que aposta num registo paródico que, curiosamente, não esquece as memórias históricas do próprio cinema italiano. Que venham mais musicais!

Classificação: ** com interesse

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG