Dez programas para fazer com os miúdos nas férias da Páscoa

As aulas terminam na terça-feira e os miúdos só regressam à escola no dia 19. Muitos dias para aproveitar património e museus

As férias da Páscoa deste ano letivo precisam de manual de instruções: começam na quarta-feira, dia 5, e terminam no dia 18. Muitos dias de primavera para fazer caças ao ovo e outras atividades em museus e outras joias do património português ou partir à descoberta do espaço, com a exposição Cosmo Discovery.

1. No espaço
O satélite Sputnik, a cadela Laika, a cápsula em que viajou o chimpanzé americano Enos, a história de Yuri Gagarin, o primeiro humano a orbitar a Terra, e a Mercury são alguns do momentos da conquista do Espaço que se contam na exposição Cosmos Discovery, a partir de 14 de abril no Terreiro das Missas, junto à estação fluvial de Belém, em Lisboa. São mais de 200 artefactos das missões espaciais dos EUA, da URSS e de outras agências espaciais numa tenda de 2500 metros quadrados, promete a organização da World Crew Events.
A história dos heróis do espaço conta-se através de modelos de foguetes e cápsulas, estações orbitais e documentos autênticos sobre os passos dados a partir de meados do século XX para chegar à Lua. Estão lá, por exemplo, os carros lunares usados pelos americanos e pelos soviéticos, fatos espaciais e outros equipamentos, como módulos da soviética Soyuz. Para o final, ficam os mais recentes planos de conquista do espaço, entre eles a colonização de Marte.

Aberto todos os dias das 10.00 às 20.00 (no interior até às 21.30), a partir de 14 de abril, no Terreiro das Missas, em Belém. Bilhetes: 16 euros (adultos); grátis para crianças até aos 4 anos; 12 euros (crianças dos 5 aos 12 anos); 14 euros (seniores e estudantes); 40 euros, pacote família.

2. Nos faróis portugueses
A lista é longa, mas vale a pena ser elencada: Montedor, Aveiro, Leça, Cabo Mondego, Penedo da Saudade, Cabo Carvoeiro, Berlenga, Cabo da Roca, Cabo Espichel, Sines, Cabo Sardão, Cabo de São Vicente, Ponta da Piedade, Ponta do Altar, Alfazina, Santa Maria e Vila Real de Santo António. Em cada uma destas 17 localidades há um farol aberto ao público às quartas-feiras à tarde, das 14.00 às 17.00, e, em alguns casos, com visita guiada pela mão do faroleiro.
As visitas são uma iniciativa da Autoridade Marítima Nacional e da Direção-Geral dos Faróis, que tutelam este património, e acontecem desde 2011. No ano passado foram ultrapassados os 50 mil visitantes.

Abertos às quartas (14.00-17.00). Entrada gratuita

3. Andar de burro em Sintra
No século XIX, o compositor Viana da Mota subia de burro a encosta da serra de Sintra para chegar ao Palácio da Pena e tocar para a fa-mília real. Nesses tempos, os de D. Fernando II, era meio de transporte corrente, uma ideia retomada agora pela Parques de Sintra. Na Tapada D. Fernando II, junto ao Convento dos Capuchos, fazem-se passeios de burro pela floresta. As crianças montam, os adultos conduzem os animais pela mão, durante cerca de 90 minutos. No sábado, dia 15, véspera de Páscoa, há sessão especial alusiva a esta época com caça aos ovos na floresta.
Outra proposta da Parques de Sintra, passa-se na quintinha de Monserrate. Chama-se É Uma Quintinha Saloia com Certeza! e na véspera da Páscoa também há uma edição especial alusiva à época, às 14.30. Ensinam-se as crianças a fazer folares, vestidos como saloios do século XIX. No final, também está prevista uma caça aos ovos. Se o dia for de chuva, as crianças abrigam-se na casa para decorar ovos. O folar quentinho, esse, continua garantido. Para miúdos dos 4 aos 10 anos.

Passeios de burro:
Sábados, às 10.00, 12.00 e 15.00, para crianças dos 3 aos 12 anos, na Tapada D. Fernando II. Bilhete: 10 euros.

É uma quintinha saloia, com certeza!

Sábado, 15 de abril, às 14.30, recomendado para crianças dos 6 aos 10 anos, na Quintinha de Monserrate.
Bilhete: 8 euros.

(Inscrição prévia para info@parquesdesintra.pt; 219 237 300)

4. Portugal dos Pequenitos
Gerações sucessivas de crianças guardam memórias de dias passados nas casas em ponto pequeno do Portugal dos Pequenitos, ideia do médico Bissaya Barreto, inaugurada em 1940, a partir de um desenho do arquiteto Cassiano Branco. Nestas férias, também há caça ao ovo por todo o parque, nos dias 14, 15 e 16 de abril, de hora a hora, entre as 11.00 e as 16.00.
O mesmo Portugal dos Pequenitos foi alvo de reflexão por parte do artista Vasco Araújo, na obra chamada Parque Temático, em exposição no espaço do Cão Solteiro, em Lisboa, até 21 de abril, de quinta a sábado, das 16.00 às 21.00 (entrada livre).

Bilhete: entrada gratuita até aos 2 anos; 5,95 euros (dos 3 aos 13 anos e seniores); 9,95 euros (dos 14 aos 64 anos); 26,75 euros (2 adultos + 2 crianças dos 3 aos 13 anos); 31,65 euros (2 adultos + 3 crianças dos 3 aos 13 anos).
Rossio de Santa Clara, Coimbra

5. Museu de História Natural
Reis da Europa Selvagem - os nossos últimos grandes carnívoros é a mais recente exposição do Museu Nacional de História Natural, em Lisboa, em torno de quatro grandes mamíferos - urso, glutão, lince e lobo (estes últimos em perigo de extinção). Nos seis núcleos da exposição, há exemplares naturalizados, num cenário que lembra os seus habitats naturais.
A visita ao museu, com o seu Observatório Astronómico, Anfiteatro e Laboratório Chimico que vêm do século XIX, permite conhecer também antigas formas de estudar e ensinar ciência. O museu detém ainda uma coleção de espécies animais e objetos de estudo da antiga Universidade de Lisboa.

De terça a sexta, das 10.00 às 17.00; ao fim de semana, das 11.00 às 18.00.

Bilhete: 10 euros (adultos); 3 euros (menores de 18 anos e maiores de 65 anos); 12,5 euros (2 adultos + 2 crianças); grátis (menores de 6 anos); Férias no Museu (5, 6 e 7 de abril e 17 e 18 de abril), 25 euros por dia ou 100 euros por semana.

R. Escola Politécnica, 56/58, Lisboa

6. A Bela e o Monstro
Enquanto a canção-tema Beauty and The Beast, interpretada por Ariana Grande e John Legend, passa sem parar nos canais para os mais novos, a nova versão A Bela e o Monstro, protagonizada por Emma Watson e Dan Stevens, tem lugar cativo nas salas de cinema de todo o país. O filme estreou no dia 16 de março e foi o mais visto da semana, com cerca de 157 mil espectadores, seguindo a tendência mundial. Fez quase 700 milhões de dólares de receita mundial de bilheteira nas primeiras duas semanas de exibição.

Nas salas de cinema de todo o país.

Bilhete: 6,25 euros (crianças até aos 10 anos); 6,95 euros (normal).

7. Museu de Serralves
Joan Miró na Casa de Serralves e Álvaro Siza e os seus projetos para a Alhambra no Museu de Serralves convivem por estes dias na Fundação, no Porto, enquanto no jardim está instalado Parque de Vento opaco em seis dobras, da artista coreana Haegue Yang, um conjunto de cinco torres arqueadas, de tamanhos vários, a pontuar a paisagem. Como todas as férias, foram preparados ateliês de duração diária ou semanal em torno da obra dos artistas.

Aberto de quarta a sexta e segunda-feira, das 10.00 às 19.00; Fins de semana e feriados, das 10.00 às 20.00.

Bilhete: 10 euros (museu+parque); 16 euros (Miró+museu+parque); entrada gratuita no primeiro domingo do mês e até aos 12 anos. Oficinas temáticas de 50 a 145 euros.

Rua D. João de Castro, 210, Porto

8. Museu da Marioneta
Para lá da exposição permanente de marionetas e máscaras que aqui se encontra, o museu, instalado no Convento das Bernardas, em Lisboa, apresenta um resumo de duas décadas de trabalho da produtora francesa JPL Films (de Jean-Pierre Lemouland), em parceria com a Monstra - Festival de Animação. Vinte filmes e os seus bastidores, com storyboards, personagens e outros detalhes que o grande ecrã não mostra.

De terça a domingo (10.00 às 18.00).

Bilhete: 5 euros ; 3 euros (menores de 30 anos, reformados, pensionistas, maiores de 65 anos); 13 euros (famílias (2 adultos+ 2 crianças).

Rua da Esperança, nº 146, Lisboa

9. Baobá
A ilustradora argentina Cynthia Alonso apresenta na livraria Baobá o seu livro Aquário, no sábado, dia 8, às 16.00, história de uma menina apaixonada pelo mar. A autora estará também na livraria entre 10 e 13 de abril (10.00 às 17.00) para explorar técnicas de ilustração e ensinar a fazer carimbos a miúdos entre os 6 e os 12 anos na oficina A Nossa Natureza. Para sábado, dia 15, às 16.00, está programada uma sessão de filmes para os mais novos (entrada livre).

Livraria Baobá
Rua Tomás da Anunciação, 26-B.
Oficina de construção de livros, de 10 a 13 de abril, das 10.00 às 17.00.

40 euros (materiais incluídos).

10. Museu do Oriente
As visitas-jogo do Museu do Oriente são desafios à criatividade e perspicácia dos mais novos. Procuram-se animais, tesouros, descobrem-se os bichos-da-seda, os por- tugueses na Ásia e até há pinturas faciais à maneira da Ópera de Pequim. Tudo a partir das exposições de longa duração patentes: Presença Portuguesa na Ásia, sobre as relações entre Ocidente e Oriente, a partir de uma coleção de cerca de mil objetos que têm vindo a ser adquiridos; e Ópera Chinesa, a partir da coleção Kwok On, que integrou a Fundação Oriente em 1999 e reúne 13 mil peças relacionadas com as artes do espetáculo asiáticas.

Museu do Oriente: Avenida Brasília, Doca de Alcântara
Visitas-jogo de terça a domingo, das 10.00 às 18.00.
Bilhete: 2,5 euros.


Outras Notícias

Outros conteúdos GMG