Crime e romance a la italiana

AMMORE E MALAVITA Antonio e Marco Manetti

A premissa é singular: e se de um filme de gangsters italiano se fizesse uma paródia musical? O que aqui temos é a "telenovela" de um chefe criminoso de Nápoles, com o plano de uma morte simulada e a traição de um dos seus capangas por... amor à mulher da sua vida.

No essencial arrojo, este tom escolhido pelos irmãos Manetti apresenta qualidades. Desde logo, porque surpreende o espectador menos preparado, com a atitude excêntrica de converter o registo dramático (e por vezes trágico) em comédia, numa permanente reciclagem dos clichés do género.

Contudo, a ideia não resulta notavelmente na prática. Os números musicais vão-se gastando no efeito de acumulação, tornando a dinâmica menos eficaz. Por outras palavras, falta génio na execução. Mas é tudo tão kitsch, tão barato, que nos deixamos levar um pouco na sensação de estranho deleite.
Classificação: ** (Com interesse)

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG