Premium "Promove-se mais o vinho do que a língua portuguesa"

Hermano Sanches Ruivo concorre ao terceiro mandato de vereador na Câmara de Paris, na lista dos socialistas nas eleições autárquicas francesas que decorrem a 15 e 22 de março. Chegou a França com 5 anos, hoje tem 53 e dupla nacionalidade. É vereador para os assuntos europeus, como independente, entrou para a política pelo associativismo. Diz-se "mais português do que francês", mas os sonhos e as memórias são em francês.

Além da vida política, o vereador português da Câmara de Paris fundou a Cap Magellan, uma associação de jovens lusodescendentes que faz 30 anos em 2021. É formado em Direito, é presidente da Ativa - Grupo de Amizade França-Portugal das Cidades e Coletividades Territoriais, da associação Beirões de França e também vice-presidente da Casa do Benfica de Paris.

O que é que o traz a Lisboa?
Razões pessoais e profissionais. Estamos a iniciar a preparação da Temporada Cruzada entre França e Portugal, que vai decorrer de julho de 2021 a fevereiro de 2022. Naturalmente, será uma ação muito cultural, mas queremos abordar outras temáticas, como as novas tecnologias, o desenvolvimento sustentável, a memória ligada à emigração, etc. São 250 as cidades geminadas entre França e Portugal, se conseguirmos a participação de cem, será a maior temporada de sempre.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG