Receita de frango piripíri com arroz de forno

A chef Marlene Vieira partilha a sua receita de frango piripíri com arroz de forno Para fazer em casa.

Ingredientes (quantidades para 4 pessoas)

2 unidades de franguinho

Sumo de 2 limões

1 colher de chá de sal marinho

1 colher de café de pimentão doce

2 dentes de alho

1 molho pequeno tomilho limão

½ colher de café Piripíri em pó

2 cl sopa de Azeite extra virgem

250 g arroz carolino

750 ml de caldo de frango (carcaça de frango, cebola, cenoura, louro , vinho branco)

50 g Chouriço de carne

100 g Maionese de alho (maionese triturada com 1 dente de alho e temperado com

sumo de limão )

Confeção:

Pré-aquecer o forno a 200ºC. Limpar o frango de algumas penas, Cortar ao meio no sentido do comprimento. Num recipiente juntar o azeite, alho, louro tomilho, sal, piripíri, limão e pimentão doce, triturar com varinha mágica até formar uma pasta .

Barrar o frango com esta marinada, guardar em recipiente no frio tapado com película durante 2 horas.

Colocar uma frigideira-grelhador ao lume, deixar aquecer bem e colocar o frango do lado da pele para poder caramelizar.

Numa assadeira de barro ou ferro colocar o arroz cru, juntar o caldo de galinha e o chouriço picado.

Colocar as metades dos frangos com a pele virada para cima em cima do arroz. Levar ao forno e deixar cozinhar por 30 minutos.

Retirar e acompanha com uma salada e maionese de alho.

A acompanhar

Para harmonizar com o seu prato, a chef Marlene Vieira aconselha o vinho Quinta do Monte d"Oiro Reserva Tinto.

A chef

Marlene Vieira, 41 anos é conhecida pelo seu papel de recriação da gastronomia portuguesa. Aos 12 pediu aos pais que a deixassem trabalhar num restaurante durante as férias de verão e aos 16 anos inscreveu-se na Escola de Hotelaria de Santa Maria da Feira. Começou por trabalhar num hotel de charme em Vila do Conde. Depois fez a mochila e viajou até Nova Iorque, onde trabalhou num restaurante português em Manhattan. Regressa a Portugal, e trabalha em hotéis de 5 estrelas e alguns restaurantes. Com 31 anos, decide que quer seguir o seu caminho a solo e abre o Avenue, onde esteve durante três anos.Inaugurou o Zunzum Gastrobar em 2020, e agora, também no Terminal Internacional de Cruzeiros, o Marlene, o seu projeto de fine dinning.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG