"Gosto de cozinhar pratos em que possa envolver os meus filhos"

Pedro Poças Pintão é presidente do Conselho de Administração da Poças, umas das poucas companhias de vinho do Porto 100% portuguesas. Faz parte da quarta geração da empresa fundada em 1918 e que sempre pertenceu à mesma família.

Planos para este fim de semana?

Uma viagem à Serra da Estrela, caso ainda haja neve, neste inverno estranhamente ameno.

Qual é o começo perfeito do seu fim de semana? Calmo ou agitado?

Com três filhos entre os 8 e os 12 anos, fim de semana e calmo raramente estão na mesma frase.

Rádio, podcasts ou música para começar os dias de sábado e domingo?

Música, variada. Tenho o hábito de, durante a semana, ir adicionando músicas que vou ouvindo à livraria do Shazam e ao fim de semana descobrir um pouco mais sobre os artistas.

Tem algum hobby que faça durante o fim de semana?

Vela, quando os convites dos amigos assim o permitem.

Que séries anda a ver? E livros?

O último filme que vi (e recomendo) é o Não olhem para Cima. Estou atualmente a ler Inventing Wine, um livro fascinante sobre a história do vinho, nomeadamente sobre o seu papel social.

O que gosta de beber ao fim de semana? Alguma recomendação?

Gosto de entrar no fim de semana com um vermouth, e há um que é "Soberbo"! A escolha dos vinhos vai depender daquilo que vou comer ou com quem estou a partilhar o vinho. Para quem é curioso sugiro um dos vinhos da gama Poças Fora da Série. Quem procura um vinho para uma noite divertida com amigos, o Trava-Línguas Tinto.

Cozinha em casa? E o que gosta mais de fazer?

Sim! Eu e a minha mulher adoramos cozinhar. Gosto de cozinhar pratos em que possa envolver os meus filhos no processo e criar-lhes o gosto pela cozinha. Ultimamente temos feito raviolis, é trabalhoso, mas gratificante!

O jantar ideal a um sábado à noite seria...

Aquele em que posso reunir bons amigos à volta da mesa.

Tem alguma rotina especial ao domingo à noite?

Embora não veja muita televisão, não perco o Isto é gozar com quem trabalha. Faz um bom resumo do que aconteceu durante a semana e ainda nos diverte (ou não). No fundo, é quase uma tragicomédia!

filipe.gil@dn.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG