"Bode Inspiratório". Histórias, ilustrações e sonhos cumpridos em 46 chávenas da Vista Alegre

A ideia nasceu em plena pandemia e juntou 46 escritores durante 46 dias. Estes juntaram-se a 46 ilustradores e agora transformam-se em chávenas de café. Uma parte das vendas reverte a favor da associação Make-a-Wish.

Em março de 2020, durante o primeiro confinamento, a jornalista e escritora Ana Margarida Carvalho desafiou 46 autores a escreverem um folhetim que foi publicado diariamente online por 46 dias. "Bode Inspiratório", como lhe chamaram, juntou Mário de Carvalho (o primeiro) e, entre outros, Ana Luísa Amaral, Gonçalo M. Tavares, Inês Pedrosa, Afonso Cruz, Isabel Rio Novo, Valério Romão e Luísa Costa Gomes (a 46.ª).

Cada autor escreveu, em 24 horas, um capítulo que passou ao autor seguinte. Essas histórias, editadas em livro (Relógio d" Água) e disponíveis para ouvir em RTP Palco. Já com o projeto em andamento, entra em cena a Vista Alegre.

"Quando soube do projeto, falei com a Adélia Carvalho, uma pessoa muito ligada à ilustração e ao projeto, e surgiu a ideia: por que não pedir a ilustradores? Pareceu um desafio giro, o de fazer acontecer alguma coisa", afirma Nuno Barra, administrador da Vista Alegre, lembrando o momento esse primeiro confinamento. Foram convidados 46 artistas visuais para ilustrar cada um dos 46 capítulos. Entre eles, Marta Madureira, João Fazenda, Yara Kono, Gonçalo Viana, Madalena Matoso, Afonso Cruz, Valter Hugo Mãe, Jaime Ferraz, Madalena Moniz, Cátia Vidinhas, Evelina Oliveira e David Pintor.

Esses desenhos transformaram-se em coleção de chávenas de café, uma edição Vista Alegre que pode ser vista, e adquirida (25 euros, cada), tal como o livro "Bode Inspiratório", na rede de lojas da marca e também online.

Uma parte do valor reverte para a associação Make-A-Wish, uma entidade sem fins lucrativos, que tem como missão proporcionar experiências únicas, através da realização de desejos, a crianças e jovens gravemente doentes.

Na história da marca, que cumpre 200 anos em 2024, é longa a tradição de colaboração com artistas, arquitetos e escritores. "Antes desta coleção, tínhamos acabado de lançar uma peça com a escritora brasileira Lígia Fagundes Teles", nota o administrador da Vista Alegre Nuno Barra ao DN. Ainda este mês está previsto o lançamento de uma edição especial da andorinha de Bordallo Pinheiro e das sardinhas da mesma marca.

Onde encontrar

Coleção de 46 chávenas "Bode Inspiratório"
Vista Alegre
Rede de lojas, por todo o país e online
25 euros

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG