Medalha do "Nobel da Matemática" dada a matemático iraniano foi roubada no Brasil

Galardão desapareceu pouco depois de ter sido entregue a Caucher Birkar, no Rio de Janeiro

O iraniano Caucher Birkar viu a sua medalha Fields, considerada o prémio Nobel da Matemática, roubada hoje na cidade do Rio de Janeiro logo após recebê-la na cerimónia que abriu o Congresso Internacional de Matemáticos (ICM) de 2018.

O matemático tinha acabado de receber a medalha no palco e colocou-a junto com seu telemóvel e carteira dentro de uma pasta, que foi roubada enquanto ele atendia pessoas que se aproximaram para conversar e tirar fotos.

A organização do ICM-2018 divulgou um comunicado dizendo que "lamenta o desaparecimento da pasta do matemático Caucher Birkar que continha a Medalha Fields recebida na cerimónia desta manhã".

A Medalha Fields, oficialmente conhecida como Medalha Internacional de Descobrimentos Proeminentes em Matemática, é um prémio concedido a dois, três ou quatro matemáticos com idade inferior a 40 anos durante a realização do ICM, a cada quatro anos.

Além de Caucher Birkar, foram premiados em 2018 os matemáticos Akshay Venkatesh, Peter Scholze e Alessi Fegalli.

O ICM acontece pela primeira vez no Brasil e reúne até o dia 09 de agosto cerca de três mil pesquisadores e matemáticos de todo o mundo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG