Premium

50 anos da chegada à lua

"Começou o século XXI": toda a cobertura do DN há 50 anos

De Lisboa ao Cabo Canaveral e à Lua, o DN seguiu atentamente um dos grandes acontecimentos do século XX. Hoje disponibiliza toda a cobertura do dia 21 ao dia 25. São 23 páginas do nosso arquivo e da nossa história, com gravuras, testemunhos e pormenores deliciosos que ficam online para os leitores.

Como vimos a alunagem da Apollo 11? Que planos e sonhos despertou aquele "pequeno passo" de um homem na superfície lunar? Fomos procurar no nosso arquivo as páginas daquela altura para recuperar o entusiasmo e o assombro daqueles dias, em que tudo parecia possível, a Lua estava ao alcance dos nossos pés e Marte a menos de 20 anos de distância.

Começamos a viagem com uma das capas mais bonitas dos 155 anos do DN, a do dia 21, com uma gravura da NASA, e as palavras de Almada Negreiros, nessa mesma edição: "Este espectáculo inédito tem o sabor da liberdade. Não é a cosmonáutica que está de parabéns é também a poesia."

Ler mais

Exclusivos

Premium

história

A América foi fundada também por angolanos

Faz hoje, 25 de agosto, exatos 400 anos que desembarcaram na América os primeiros negros. Eram angolanos os primeiros 20 africanos a chegar à América - a Jamestown, colónia inglesa acabada se ser fundada no que viria a ser o estado da Virgínia. O jornal The New York Times tem vindo a publicar uma série de peças jornalísticas, inseridas no Project 1619, dedicadas ao legado da escravatura nos Estados Unidos. Os 20 angolanos de Jamestown vinham num navio negreiro espanhol, a caminho das minas de prata do México; o barco foi apresado por piratas ingleses e levados para a nova Jamestown. O destino dos angolanos acabou por ser igual ao de muitos colonos ingleses: primeiro obrigados a trabalhar como contratados e, ao fim de alguns anos, livres e, por vezes, donos de plantações. Passados sete anos, em 1626, chegaram os primeiros 11 negros a Nova Iorque (então, Nova Amesterdão) - também eram angolanos. O Jornal de Angola publicou ontem um longo dossiê sobre estes acontecimentos que, a partir de uma das maiores tragédias da História moderna, a escravatura, acabaram por juntar o destino de dois países, Angola e Estados Unidos, de dois continentes distantes.