Guia de Carnaval. Do tradicional ao alternativo

Corsos, festas e tradições de Entrudo, de norte a sul do país.

Em Ovar começam bem antes, em Torres Vedras já é da praxe fazer um pré-Carnaval e Sesimbra reúne a maior comunidade do Brasil. Há festas de todos os tipos - desde os típicos desfiles de carnavais com cabeçudos, a festas que irão durar até as 06h00 da madrugada.

Bragança

O "Carnaval dos Caretos" é um dos mais conhecidos a nível nacional. Mais de mil caretos saem à rua com as suas roupas coloridas e espírito carnavalesco para assustar raparigas solteiras e dançar ao som de músicas tradicionais da região.

Este domingo, dia 3, está previsto um desfile com mais de mil figurantes pela zona história da cidade. O ponto alto deste Carnaval é a "Queima do Diabo", que encerra as festividades - o careto anda à solta pelas ruas da cidade e no final a figura é queimada em praça pública.

Ovar

Este ano, o Carnaval de Ovar, em Aveiro, escolheu viver um Carnaval Ibérico, com o objetivo de juntar os costumes de Portugal e Espanha. Aqui, estão em festa há três semanas,

Os grandes corsos de domingo e terça-feira reúnem cerca de 2 mil figurantes, provenientes de escolas de samba e de grupos carnavalescos. Este ano, a programação inclui concertos gratuitos de Quim Barreiros, Nelson Freitas e Blaya no Espaço Folião.

Para reduzir a poluição, e à semelhança do que acontece em vários festivais de música, Ovar aderiu à reutilização dos copos de plástico (custa 1 euro).

Cabanas de Viriato

Em Cabanas de Viriato, o habitual não é o ritmo brasileiro, mas sim a dança dos cus, que um grupo de teatro inaugurou no século XIX. Hoje, os pares, divididos em duas filas, ao som do terceiro compasso, viram-se para o centro e chocam os traseiros.

Mealhada

Na Mealhada, o Carnaval Luso-Brasileiro começa esta noite com a apresentação das escolas de samba e corsos carnavalescos. Além dos tradicionais desfiles de domingo e terça-feira (15.00), a novidade deste ano é um desfile noturno marcada para 4 de março, repetindo a festa que inesperadamente aconteceu há um ano (depois do corso de domingo não ter podido sair à rua).

Torres Vedras

O Carnaval de Torres, candidato a Património Imaterial da Humanidade da Unesco, define-se como o mais português de Portugal e reforça-o com o tema deste ano, "Made In Portugal".

O monumento principal é o famoso galo de Barcelos, intitulado de " Grande Galo, Zé!", montado pelo vice-primeiro ministro, António Costa e com inúmeras personagens conhecidas dos portuguesas, como Cristina Ferreira, Ronaldo, Assunção Cristas e Pinto da Costa, agarradas às asas ou à barba do galo.

A festa dura seis dias e, além dos desfiles e dos seus carros alegóricos satíricos, o Carnaval de Torres distingue-se pelas suas matrafonas.

Lisboa

Como vem sendo hábito desde há uma década, o Chapitô vai invadir as ruas lisboetas com um desfile inspirado nos cercos de outros tempos. O desfile das trupes - alunos e ex-alunos - é este sábado, às 15.00. Sai do Chapitô, a caminho do Castelo de S. Jorge, e retoma a tradição de sátira dos carnavais falando de turistas e comerciantes, moradores e senhorios. A entrada é livre até aos 12 anos e para residentes de Lisboa.

Sesimbra


Os desfiles, organizados por escolas de samba e grupos de axé percorrem a marginal de Sesimbra no domingo e na terça-feira e juntam mais de mil participantes e milhares de foliões. As Cegadas, costume centenário das zonas rurais são já uma imagem de marca desta época e irão acontecer a partir de dia 2 de março até dia 9. Os grupos são constituídos exclusivamente por homens, que cantam em verso textos de escárnio, acompanhados por guitarras portuguesas.

Nos últimos anos, a freguesia da Quinta do Conde junta-se à festa com o Desfile Trapalhão, que reúne centenas de mascarados. É este sábado por volta das 15h00.

O desfile de palhaços que irá acontecer na segunda-feira, que se autointitula do "maior desfile do mundo" já reuniu mais de 3 mil mascarados. O Enterro do Bacalhau, outra das tradições associadas ao Carnaval da região voltará a fechar o programa, no dia 6 de março.

Sines


A caminho dos 100 anos, a festa de Carnaval em Sines, tem como tema os homens do mar, os pescadores. O evento conta com a participação de quatro escolas de samba, 17 carros alegóricos, 30 grupos alegóricos e foliões, gigantones, cabeçudos e matrafonas.

O corso carnavalesco vai sair à rua, nas tardes de domingo e de terça-feira, às 15:30, e na noite de segunda-feira, às 21:00, ao som do grupo local Skabalá Tuka, que assinala 25 anos de presença no carnaval de Sines. O presidente da associação afirma que a "sátira à política local" e o "Cristiano Ronaldo" vão "surgir no desfile", tendo os obreiros do Carnaval de Sines optado "por carros dedicados à [série televisiva] Guerra dos Tronos e a temas mais abstratos".

Durante a manhã de sábado, os reis do Carnaval serão apresentados à população e a tarde será marcada por um Baile de Máscaras Sénior, às 15:00, organizado pela Junta de Freguesia de Sines. As noites terão lugar no Pavilhão Municipal, com DJ's a animar a festa com música. As festividades irão terminar quarta-feira, com o tradicional "Enterro do Entrudo".

Elvas

O Carnaval de Elvas vai na 23.ª edição e é intitulado pelo município, como o "maior" da região, esperando receber mais de mil foliões na data festiva. Domingo, às 15:00, está previsto o desfile carnavalesco de grupos locais e no dia seguinte, às 22:00, decorre um desfile coreográfico dos grupos participantes nos festejos carnavalescos, no Coliseu Comendador Rondão Almeida, seguido de um baile. Na terça-feira de Carnaval, às 15:00, o desfile inclui mascarados de Olivença.

Loulé

Em Loulé a festa começa domingo, dia 3 mas com com Marcelo Rebelo de Sousa e a sátira política como inspiração. O Carnaval de Loulé deu o nome de "Circo Selfie" ao corso. A viagem de Lisboa ao Porto, a bordo de um camião também é retratada num carro alegórico.

Além de Marcelo, Trump também irá estar "presente, com facas à mistura, apontadas a mexicanos e muçulmanos, de acordo com o autarca de Loulé", afirma à TSF. O desfile irá acontecer domingo e terça-feira, entre as 15 e as 17.30 horas e tem o valor de dois euros, cujo valor irá reverter a favor de instituições de solidariedade do concelho e do movimento associativo que participa no corso.

Este ano, a região também ser mais amigo do ambiente, visto todos os copos distribuídos pelos bares do recinto serão de papel e 100% biodegradáveis.

Loulé apresenta ainda escolas de samba, grupos de animação, cabeçudos, gigantones e outros artistas, durante três dias para festejar a data "à grande e à louletana".

Funchal

Com mais de 10 dias de festa, o Funchal veste-se a rigor para celebrar a época carnavalesca. Uma das grandes atrações desta quadra é o Cortejo Alegórico de Carnaval, este sábado à noite. Na terça-feira de Carnaval é o dia em que se realiza o famoso Cortejo Trapalhão, que conta com a participação da população e de quem se quiser juntar à festa.

Outros carnavais

Festa Bloco do Mercado - Carnaval do Rio
Este sábado, no Time Out Market, a partir das 22h00, o espaço será palco de ritmos tropicais e de dançarinos de samba

Carnaval Feminista e não só
Domingo, entre as 17.00 e as 00.00, no Anjos70, fãs do hip-hop, R&B e Trap, encontram Jo, Pato, Xando, Valleriani, Milky Way e Oseias. Na segunda, a partir das 21.00, a noite é das mulheres com o mote Vem dançar em cima do patriarcado, com as DJ Repha, DJ Carie e as Rainhas do Babado.

Baile de Carnaval no LU.CA - Teatro Luís de Camões
Terça-feira à tarde, o Teatro Luís de Camões é o local certo para para passar o Carnaval junto dos mais novos. A setlist é Afonso Simões, baterista dos Gala Drop, para os mais velhos recordarem a sua infância, e as projeções ao vivo são de Rute Soares (VJ Severa). A entrada é livre

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG