Falha na Google+ deixou expostos dados de 500 mil contas

A Google anunciou nesta segunda-feira que descobriu uma falha na sua rede social Google+, que deixou expostos dados pessoais de cerca de meio milhão de contas.

O gigante tecnológico referiu que decidiu o encerramento temporário da plataforma, devido a riscos de segurança no acesso a dados privados dos utilizadores afetados.

O encerramento vai durar cerca de dez meses e apenas afetará a versão de consumidor desta aplicação, na qual se encontram os erros de segurança que permitiram que outros tivessem acesso a dados pessoais, informou a empresa em comunicado.

"Devido a estes desafios e a um uso tão baixo da versão de usuário da Google+, decidimos encerrar a versão para consumidor do Google+", frisa o documento, citado pela agência noticiosa Efe.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.